Páginas

PESQUISAR

quarta-feira, 31 de outubro de 2018

Sob pressão popular, votação do “Escola sem Partido” é adiada

Projeto conhecido como Lei da Mordaça seria votado na tarde desta terça-feira (31). Consulta feita pelo Senado mostra que maioria é contra medida
A votação do Escola Sem Partido, projeto de lei que pretende coibir o pensamento crítico dos alunos, foi adiada pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados em meio a enorme pressão popular.  Conhecida com Lei da Mordaça, a proposta é mais uma ameaça à liberdade dos professores e, de acordo com especialistas, afetaria de maneira aguda toda a estrutura educacional do país.