terça-feira, 25 de dezembro de 2018

Papa faz apelo por vida mais simples e menos materialista na Missa do Galo


O papa Francisco celebrou a tradicional Missa do Galo diante de 10 mil pessoas na praça de São Pedro, no Vaticano, e instou o mundo desenvolvido a busca uma vida mais simples e menos materialista, ao mesmo tempo em que condenou o aumento da disparidade entre ricos e pobres
Em sua homilia, Francisco, 82, disse que o nascimento do Menino Jesus na pobreza em um estábulo deveria fazer com que todos, especialmente os “vorazes e gananciosos”, refletissem sobre o real sentido da vida.

“Diante da manjedoura, entendemos que a comida da vida não são riquezas materiais, mas o amor; não a gula, mas a caridade; não a ostentação, mas a simplicidade”, afirmou o papa, com simples vestes brancas.

“Vamos nos perguntar: eu realmente preciso de todos esses objetos e receitas complicadas para viver? Posso ficar sem todos esses extras desnecessários e viver uma vida com maior simplicidade?”, acrescentou.

“Nos nossos dias, para muitas pessoas, o sentido da vida se encontra em possuir, em ter em excesso objetos materiais. Uma ganância insaciável marca toda a história da humanidade, mesmo hoje, quando muitos jantam de maneira luxuosa enquanto muitos ficam sem o pão diário necessário para sobreviver.”

Francisco, o primeiro papa da América Latina, fez a defesa dos pobres a marca de seu papado, que entrará em seu sexto ano em março de 2019.
Com informações da Folhapress/Reuters/AP