Páginas

PESQUISAR

segunda-feira, 14 de janeiro de 2019

Médico e compositor Carlos Penha lançará CD em Touros, no início de fevereiro

Programado para dois de fevereiro, no Centro de Turismo, o lançamento do tão esperado CD do médico, cantor e compositor Carlos José Penha de Araújo, mais conhecido por Carlos Penha.
Carlinhos com sua mãe Carmelita, e as irmãs Gracinha e Tereza
Por Dione Nascimento/Touros1501
O CD do nosso querido Carlos Penha, que esteve programado para ser lançado em dezembro, mas, por motivos de saúde houve a necessidade do adiamento, está com data marcada para dois de fevereiro, no Centro de Turismo, em Touros, e contará com a participação de ilustres figuras da música potiguar.

Carlos Penha, declara que o CD é uma homenagem a querida Touros, terra de seus ancestrais por parte da matriarca tourense Carmelita Penha de Araújo(93), sua mãe, que até dois anos atrás declamava lindos poemas, principalmente, na centenária matriz do Bom Jesus dos Navegantes. Saudade!
Nesta foto: Dona Carmelita Penha com os netos

Em conversa, Carlinhos declarou: - “Sempre tive o desejo de gravar um CD em homenagem a tão querida Touros. Chegou o momento!” 

Carlos Penha é autor de inúmeras músicas, entre sambas e canções, destacando-se “Evocação”, que cita a tão saudosa Touros da infância e adolescência. Toca violão, e ao cantar, a sua voz é pura canção. 

De família musicista e poética, registra-se Monsenhor João Penha de Sousa Filho(tio), os primos Ivanildo Cortez de Sousa(Ivanildo Penha) e Luizinho Penha, Leda Penha de Sousa(tia), e sobrinhos.

O médico, poeta e compositor, costuma relatar fatos passados na Touros de anos outrora, de poucos habitantes, chão de areia, e muitas serestas ao som de violões. Tempos em que todos se conheciam, davam-se as mãos, trocavam olhares, e sentavam-se nas calçadas para um bom bate-papo, como bem cantou o poeta Porto Filho “...nas tardinhas, horas mortas, quais gaivotas...”
Dona Carmelita com a irmã Leda(listra), a companheira Dida, e primas

O saudosista poeta Carlos Penha costuma relatar inúmeras histórias, e nunca se cansa de lembrar dos banhos nas lagoas do Olé, do Avião, entre outras, com suas águas cristalinas e perenes.

Enfim, a terra praeira dos seus avós, tios, amigos e amores, aguarda com ansiedade o momento de receber o presente do filho adotivo, mas, que ama Touros, muito mais do que muitos filhos legítimos.

Quero o meu, autografado. 

Sucesso, meu amigo!