CLICK NA IMAGEM E FIQUE INFORMADO SOBRE O CARNAVAL/2019 - BLOCO PESCADOR DA MADRUGADA - SEGUNDA: 04/03

segunda-feira, 4 de fevereiro de 2019

Bolsonaro tem febre e alta que seria nesta quarta é adiada

Conforme o boletim médico, “foi iniciado antibioticoterapia de amplo espectro e realizados novos exames de imagem”

Jair Bolsonaro teve febre, passou a receber medicamentos antibióticos e a alta prevista para esta quarta-feira (6) foi adiada. A informação foi divulgada nesta segunda-feira (4), por Otávio Rêgo Barros, porta-voz da presidência.

O boletim médico diz que “o excelentíssimo Presidente da República, Jair Bolsonaro, está internado em Unidade de Cuidados semi-intensivos do Hospital Israelita Albert Einstein. Apresentou, ontem [domingo (3)] à noite, elevação da temperatura (37,3 °C) e alteração de alguns exames laboratoriais”.

Conforme o boletim, “foi iniciado antibioticoterapia de amplo espectro e realizados novos exames de imagem. Identificou-se uma coleção líquida ao lado do intestino na região da antiga colostomia. Foi submetido à punção guiada por ultrassonografia e permanece com dreno no local. Está no momento sem dor, afebril, em jejum oral, com sonda nasogástrica e nutrição parenteral exclusiva”.

Alta
O boletim é assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, cirurgião; Leandro Echenique, cardiologista; e Miguel Cendoroglo, diretor Superintendente do Hospital Israelita Albert Einstein.

De acordo com o porta-voz da presidência, Bolsonaro não tem agenda prevista para os próximos dias e que ele poderá receber alta na próxima segunda-feira (11).
Touros1501 com informações da Revista Forum