Páginas

PESQUISAR

quinta-feira, 21 de março de 2019

Motorista de ônibus sequestra 51 crianças na Itália e incendeia veículo

Motorista de ônibus escolar sequestra 51 crianças na Itália e ateia fogo ao veículo. Homem postou um vídeo no YouTube explicando sua ação

A Itália se encontrava em choque nesta quinta-feira (21) após o dramático resgate de 51 crianças feitas reféns por seu motorista de ônibus escolar que incendiou o veículo em protesto contra as mortes de migrantes no Mediterrâneo.
A polícia italiana salvou na quarta-feira in extremis os estudantes que foram feitos reféns e ameaçados em um ônibus perto de Milão por seu motorista, um italiano de origem senegalesa, que protestou contra o destino dos migrantes africanos mortos no Mar Mediterrâneo antes de atear fogo ao veículo escolar.

A situação toda durou quase uma hora, para desespero das crianças.


O motorista foi preso sob a acusação de “tomada de reféns, massacre e incêndio criminoso”, com o agravante de “terrorismo”.

De acordo com seu advogado, o homem explicou durante o interrogatório que queria “chamar a atenção para as consequências das políticas de migração”.

“Eu perdi três filhos no mar”, afirmou o motorista durante a tomada de reféns, de acordo com o testemunho de um adolescente, postado nas redes sociais.

Ousseynou Sy, 47 anos e de nacionalidade italiana desde 2004, “agiu como um lobo solitário”, sem ligações com o islamismo radical, disse o chefe da célula antiterrorista de Milão, Alberto Nobili, em entrevista coletiva.
Com informações do Pragmatismo Político