sábado, 22 de junho de 2019

Lenine Pinto, principal defensor da tese de que o Brasil foi ‘descoberto’ em Touros/RN, está na UTI com pneumonia

Principal defensor da tese de que o Brasil foi ‘descoberto’ pelo Rio Grande do Norte e autor de diversos livros sobre o passado de Natal, o historiador Lenine Pinto está internado em estado grave na UTI da Casa de Saúde São Lucas em Natal. Segundo informações da Academia Norte-riograndense de Letras, da qual é membro desde 2003, Lenine foi hospitalizado no dia 22 de maio – 10 dias após completar 89 anos. Seu quadro é de pneumonia.

“Ele já vinha há um tempo fazendo hemodiálise duas vezes por semana. Mas em maio acabou sendo internado. A família disse que ele está fraquinho, de cadeira de rodas, com dificuldade de comer”, contou a colega da ANRL, Leide Câmara.

Lenine viu sua tese do descobrimento ganhar nova atenção no ano passado devido a campanha “Tudo Começa Aqui”, da Secretaria de Turismo do RN. O tema inclusive gerou debates na Assembleia Legislativa e na Câmara Municipal de Natal, além de uma série de mesas redondas com pesquisadores prós e contras a tese.
Tribuna do Norte

Image and video hosting by TinyPic