quinta-feira, 15 de agosto de 2019

Assim como a Alemanha, Noruega suspende repasses para a proteção da Amazônia

Por Brasil247
Poucos dias após a Alemanha suspender repasses de quase R$ 155 milhões destinado a projetos de preservação ambiental no Brasil, a Noruega anunciou o bloqueio de 300 milhões de coroas norueguesas, equivalente a cerca de R$ 133 milhões, destinados ao Fundo Amazônia. A Noruega é o maior financiador do fundo de proteção da Amazônia tendo doado cerca de R$ 3,69 bilhões para utilização em projetos de conservação ambiental em dez anos.

Apesar disso, o Fundo Amazônia vem sendo alvo de críticas por parte de Jair Bolsonaro e de membros do primeiro escalão do governo federal. O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, vem criticando constantemente a destinação dos repasses e sugeriu mudanças para que os recursos fossem utilizados indenizar ruralistas em ações de desapropriações em unidades de conservação. Os governos da Alemanha e da Noruega, contudo, se opõe veemente contra a iniciativa.
Na semana passada, pouco depois da Alemanha anunciar que estava suspendendo os repasses voltados para preservação ambiental e que iria rever as doações para o Fundo Amazônia, Jair Bolsonaro disse que a Alemanha queria comprar a Amazônia “em prestações” (leia no Brasil 247). Já nesta semana, ele sugeriu que a chanceler Angela Merkel “pegue essa grana e refloreste a Alemanha, ok?”.