quinta-feira, 29 de agosto de 2019

Familiares de Lucilo Afonso do Nascimento agradecem a Secretaria de Educação de Touros pela homenagem durante Cortejo Cultural

NOTA DE AGRADECIMENTO

Vimos a público, agradecer a equipe da Secretaria de Educação, Cultura e Desporto do Município, na pessoa do secretário Ricele Albuquerque, a escola CECI e a Escola Municipal Dr. Orlando Flávio Junqueira Ayres, aos componentes da Banda de Música Tabelião Júlio Maria, demais secretarias envolvidas, aos amigos e conterrâneos que prestigiaram a homenagem feita ao patrono dos pescadores da Colônia Z-2 de Touros, nosso saudoso Lucilo Afonso do Nascimento, durante o Cortejo Cultural, na última terça-feira(27), dentro da programação do projeto "Leicultural".

Na qualidade de filha, em nome dos meus familiares, elevo a Deus, súplicas, pelo êxito do projeto que tanto contribuirá com a história e a cultura dos tourenses.

Recebam nossos mais sinceros agradecimentos e consideração.
Touros/RN, 28 de Agosto de 2019

Lucilo Afonso do Nascimento
Biografia por Dione Maria do Nascimento: "Lucilo Afonso do Nascimento, brasileiro, nasceu em Touros, Rio grande do Norte, na antiga rua da Prefeitura, atualmente, rua Augusto Severo, número 96, em 31 de outubro de 1921. Filho de Manoel Torquato do Nascimento e Honorina Leopoldina do Nascimento, teve como irmãos: José, Antônio Veríssimo, Francisco, Maria Emília e Maria Lúcia, que lhe deram as sobrinhas: Lucila Lúcia(Lulu), Núbia, Velúzia, e Maria Conceição(Ceiça)".

Cursou o primário na Escola Estadual Coronel Antônio Florêncio do Lago, no ano de 1934. 

Teve como profissão marinheiro, pescador e funcionário público municipal efetivo. 

Esteve como combatente na segunda guerra (tendo servido no Estado de Pernambuco).

Exerceu as funções de Juiz de Paz, Oficial de Justiça e Conselheiro Tutelar. 

Prestou serviço como colaborador no Cartório Único de Touros, por mais de 15 anos, onde tinha como primo e amigo o tabelião Lindonor Patriota do Nascimento. 

Foi músico quando serviu ao exército brasileiro, tocando corneta e trompete. 

Foi colaborador de inúmeras campanhas políticas e orador. 

Autor do pedido para construção do Hospital Paulo de Almeida Machado, quando da visita do então ministro(1974-1979), a cidade de Touros, período de epidemia da Esquistossomose. Pedido confirmado pelo então ministro, teve o apoio de Paulo Tenório que fez a doação do terreno para a construção do Hospital de Touros, tendo tido como seu primeiro diretor o doutor Carlos José Penha de Araújo.

No ano de 1983, foi homenageado pelos pescadores que lhe conferiram o título de Patrono dos Pescadores da Colônia Z-2 de Touros, por reconhecimento aos serviços prestados a classe, e quando presidente da instituição (1979-1981). 

No ano de 1991, a então vereadora Alda Machado da Câmara, requereu que lhe fosse concedido o nome da então avenida Lucilo Afonso do Nascimento.  

Casou-se com Maria Débora do Nascimento(29/06/1941), com quem teve as filhas Maria Deuza, Maria Dilma, Dione Maria, Doralúcia e Débora Maria. Filhos falecidos: Pedro(1º), José Arimateia. João, Luiz Carlos, Ernestina e Maria Dione. Por ser um avô amoroso e zeloso, achou por bem adotar as netas Josileide Maria e Maria das Graças. Dentre os 11 netos, um, traz o seu nome: Lucilo Afonso do Nascimento Neto. somam-se aos netos 16 bisnetos, e 5 tetranetos. 

Faleceu em Natal, no hospital Universitário Onofre Lopes, em 5 de fevereiro de 1981, e foi sepultado em Touros, no Cemitério Bom Jesus das Almas, avenida Prefeito José Américo."