quarta-feira, 11 de setembro de 2019

O bombeiro do 11 de setembro de 2001 que virou padre para salvar corpos e almas


"Eu vi o pior da humanidade naquele dia, mas, também naquele dia, vi o melhor da humanidade"
Aleteia - Odia 11 de setembro de 2001 mudou milhares de vidas para sempre – e não são poucos os que afirmam que ele mudou a própria trajetória da humanidade, dadas as proporções do impacto exercido sobre incontáveis aspectos da vida social por aquele ato inédito de terrorismo.

Uma das vidas que literalmente foram transformadas naquele dia é de Tom Colucci, capitão do Corpo de Bombeiros de Nova Iorque e, hoje, padre católico.

“Eu vi o pior da humanidade naquele dia, mas, também naquele dia, vi o melhor da humanidade”.

O que ele viu foram as centenas de pessoas, homens, mulheres e até crianças, que arriscaram a vida para ajudar nos resgates em meio aos escombros.

“Eles são o Corpo de Cristo! Deus estava realmente conosco naquele dia”.

O bombeiro descobriu o chamado a ser sacerdote para continuar servindo e salvando as pessoas não apenas no corpo, mas também na alma.

Este breve vídeo da série “Look-Up“, de Aleteia, resume a sua trajetória: Vídeo AQUI